Comunicação Visual, a sintetização da Arquitetura, Escultura e Pintura 

A Bauhaus sintetizava arquitetura, escultura e pintura em uma única expressão criativa. Conseguiu desenvolver um currículo baseado na arte que viria a ser a base para artesãos e designers capazes de criar objetos úteis e bonitos adequados para este novo sistema de vida.

   Em pleno século XXI, essa arte se mantem mais viva do que nunca. A tecnologia se desenvolveu barateando máquinas e equipamentos, a indústria  entendeu que podia popularizar cada vez mais o acesso à produção desses equipamentos e foi um nixo para artistas de todo o planeta se tornarem profissionais da área, aplicando seu conhecimento aos mais variados ramos da atividade.

   A proposta da Novaplast vem de encontro com esse mercado, fornecemos material para a Comunicadores Visuais que buscam  qualidade, variedade e experiência. 

Nós, humanos pensamos o que vemos. Analisamos algo norteados pela primeira imagem que temos dele. Nosso cérebro primeiro recebe a imagem para depois analisa-la.  

 

   A definição de Comunicação Visual Surgiu na Alemanha

   A Comunicação Visual é feita com bases em um conjunto de técnicas e esse conjunto é chamado Programação Visual. Conceito surgiu na Alemanha, na cidade de Dessau. 

Para contarmos um pouco da história da Comunicação Visual devemos voltar em 1919 quando um dos principais arquitetos do século XX, Walter Gropius (1883-1969) juntamente com um grupo de artistas vanguardistas e colegas arquitetos deram origem a 'Das Staatliche Bauhaus' que em Alemão significa 'casa estatal de construção', uma escola com proposta e métodos de ensinos revolucionários. 

 

Walter Gropius e a Bauhaus